Total de visualizações de página

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Irã e Síria se unem para a guerra


http://www.youtube.com/watch?v=tYqjQZ9OUTM&feature=related

A Síria e Irã fizeram um pacto de cooperação militar e ajuda mútua no caso de uma guerra ou de uma "intervenção humanitária" da OTAN.
A Rússia também está apoiando a dupla, após as declarações de Putin de que não deixaria acontecer na Síria o que aconteceu na Líbia.

Se desenha um novo cenário de guerra mundial?

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Bush será mesmo julgado?



A organização de defesa dos direitos humanos Anistia Internacional pediu a três países africanos que detenham o ex-presidente americano George W. Bush durante sua próxima visita, acusando-o de "crimes" e "torturas". Bush viaja de 1 a 5 de dezembro para Zâmbia, Tanzânia e Etiópia, no âmbito de um giro de promoção dos programas de saúde, baseados principalmente na luta contra o câncer de cérebro e de mama.
Em um comunicado, a Anistia Internacional afirma ter "provas suficientes de domínio público, que emanam de autoridades americanas e do próprio George W. Bush, para pedir à Etiópia, Tanzânia e Zâmbia que abram uma investigação sobre a suposta responsabilidade de atos de tortura e para garantir sua presença durante a investigação".
Bush é acusado de ter autorizado métodos de tortura nos Estados Unidos sob o lema da "guerra contra o terrorismo" nos anos 2000. "Todos os países para os quais George W. Bush viaja têm a obrigação de apresentá-lo à justiça por seu papel em atos de tortura", afirmou Matt Pollard, conselheiro jurídico da Anistia.
Em outubro, a Anistia tomou a mesma iniciativa antes de uma viagem do ex-presidente americano ao Canadá para uma conferência. Ottawa acusou então a Anistia de "falência moral", "degeneração e politização". Em fevereiro, Bush anulou uma visita à Suíça após pedidos similares.
Na minha opinião isso não dará grandes resultados, mas pelo menos gera uma pressão contra os crimes cometidos pelo "império" principalmente na administração Bush.