Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2011

OTAN repete crime de Wellington


Me deixou muito chocado quando um louco chamado Wellington matou crianças inocentes. O fato não chocou só a mim, mas ao Brasil inteiro, pois são pessoas que arrecem começaram a vida, e foram mortas tragicamente a sangue frio.

Mais chocado ainda me deixou um ato semelhante, cometido por um grupo terrorista legalizado: a OTAN. Poderia esperar um ato assim de Wellington, mas de países que supostamente defendem "a democracia e direitos humanos"? Sabemos na verdade que eles defendem seus próprios interesses.

A O.T.A.N. (Organização do Tratado do Atlântico Norte) é composta por vários países Europeus e Americanos. Foi fundada numa época onde a Hegemonia Euro-Americana estava em xeque, onde o bloco soviético crescia e a Guerra Fria ameaçava a destruição mundial.

Acabada a Guerra Fria, a organização se manteve para "manter a paz" no mundo.
Essa organização liderada pelas potências mais imperialistas do mundo,  hoje mantém a paz através da Guerra.

Criam guerras com países muitas vezes indefesos, que não possuem nem 1% do poder militar da OTAN. Muitos dos objetivos das guerras são por objetivos meramente econômicos. Criam sanções contra a Líbia e Síria supostamente por "direitos humanos", mas não vi colocarem sanções sob a China, Israel ou Arábia Saudita que são tão violadores da Democracia e direitos civis quanto esses países que afrontam o imperialismo. Invadem descaradamente países fracos, desrespeitam direitos internacionais e a soberania nacional de cada país, criam um ódio xenófobo por parte dos habitantes do país invadido, como se possuíssem o direito de se intrometer em conflitos internos.

Segundo a matéria do Correio Braziliense do dia 30/05/2011 relata:


" A  morte de 14 civis, a maioria crianças, durante um bombardeio norte-americano no Afeganistão pode ter causado uma crise nas relações do governo com seus aliados e com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). O presidente afegão, Hamid Karzai, classificou o incidente como “erro grave” e “assassinato”. O ataque na província de Helmand atingiu um edifício residencial no fim da noite de sábado, depois que uma base da coalizão internacional foi ataca por rebeldes. O episódio está sob investigação. O chefe de Estado afegão fez um alerta às tropas estrangeiras e exigiu o fim das operações unilaterais.

O governo do Afeganistão cobrou explicações sobre o ataque e condenou a ação das tropas estrangeiras. “Já foi dito em diversas ocasiões aos Estados Unidos e à Otan que suas operações unilaterais e inúteis causam a morte de afegãos inocentes, e que tais operações violam os valores humanos e morais, mas parece que não nos escutam”, declarou Karzai em um comunicado oficial. Segundo a nota, “o presidente classificou esse incidente como um grave erro e como um assassinato de crianças e mulheres afegãs” e ainda lançou uma última advertência a seus aliados para que situações como essa não sejam repetidas.

A morte de civis no Afeganistão tem causado desconforto entre as tropas da Otan e o governo. No bombardeio em Helmand, 10 crianças, duas mulheres e dois homens foram mortos e mais seis pessoas ficaram feridas. Na quarta-feira passada, 20 policiais afegãos e 18 civis morreram durante um ataque contra o Talibã."


Segundo a matéria, essas potências imperialistas mataram 10 crianças, além de 18 civis, 20 policiais, sem contar dados informais.

Contra Wellington poderia se esperar justiça se ele estivesse vivo, mas contra a OTAN? Eles são os juízes, se acham tão bons para julgar os outros, mas quem os fará pagar pelo que fizeram? Como parar esse genocídio?
A resposta é: nunca! Quem ousar contestar a ação será considerado terrorista e sujeito a ataques deste tipo!

ESSA É A SOCIEDADE MAIS TOTALITÁRIA QUE EXISTIU! ISSO É A PROVA!

A OTAN é o eixo do Século XXI, e seu IV Reich foi consolidado.


4 comentários:

  1. Enquanto os EUA tiver no comando,as coisas continuarão como estão...e a tendência é piorar,porque quando as reservas no oriente começar se delimitar...a américa do sul é a proxima,sem duvidas...vão arranjar um motivo qualquer,para colocar as tropas da OTAN aqui...

    Gostei do post,gostei do blog.

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigado!

    É bom ver pessoas que apreciam a informação indepente, crítica e sem medo de desmascarar a verdade por trás dos fatos.

    ResponderExcluir
  3. Novo motivo Leo? Eles já usam as drogas como preceito pra invadir... Agora quero ver quando invadirem de verdade por causa de um "grupo terrorista" que vai surgir e vai estar instalado aqui

    ResponderExcluir
  4. interessante a matéria, tenho medo das invasões da OTAN aqui no sul, especialmente com as reservas do pré-sal, apesar de que a entrada dos imperialistas está em quase todos os países, com ditaduras, etc...
    salvas excessões: Venezuela, Cuba...

    valeu! belo blog, parabéns

    ResponderExcluir