Total de visualizações de página

terça-feira, 24 de maio de 2011

Dimitri Medvev ameaça "Nova Guerra Fria"


Na frente de vários jornalistas há alguns dias atrás, Dimitri Medvev declarou a possibilidade de uma crise diplomática com os EUA, falando numa "Nova Guerra Fria".

Isso se dá pelo fato que os EUA pretendem organizar um escudo anti-mísseis na Europa excluindo a Rússia.
Medvev afirmou que essa atitude faria a Europa retornar ao clima de guerra fria dos anos 80, e alertou que deve haver uma cooperação entre os países, inclusive na luta contra o terrorismo.

É improvável que haja um conflito dessa escala, mas se houver, não será nada bom para o mundo. O imperialismo norte-americano (hoje apoiado na OTAN) deve parar imediatamente, mas não sob conflitos nucleares que possam destruir milhões de civis inocentes.


Um comentário:

  1. A proxima guerra fria será rumo a terceira guerra mundial,fato...e isso está próximo.

    ResponderExcluir